Diário de uma mulher,esposa,mãe,dona de casa...enfim...de um ser humano único...rsrsrsrs...
Meu blog também é bauzinho de guardar coisas que acho lindas,interessantes e que vale a pena recordar!
Início do blog:13/04/2009...só felicidade!!!

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Filho preferido...


"Certa vez perguntaram a uma mãe qual era seu filho preferido, aquele que ela mais amava.
E ela, deixando entrever um sorriso, respondeu:
"Nada é mais volúvel que um coração de mãe. E, como mãe, lhe respondo:
O filho dileto, aquele a quem me dedico de corpo e alma...
É o meu filho doente, até que sare.
O que partiu, até que volte.
O que está cansado, até que descanse.
O que está com fome, até que se alimente.
O que está com sede, até que beba.
O que está estudando, até que aprenda.
O que está nu, até que se vista.
O que não trabalha, até que se empregue.
O que namora, até que se case.
O que casa, até que conviva.
O que é pai, até que os crie.
O que prometeu, até que se cumpra.
O que deve, até que pague.
O que chora, até que cale.
E já com o semblante bem distante daquele sorriso, completou:
O que já me deixou... ...até que o reencontre..."

(Desconheço autoria)


Presente da querida Nadia Lis Severo,pelo facebook...Obrigada!!!

4 comentários:

Ives disse...

Uau, um texto poético, de valores transcendentais! abraços

Claudia disse...

Amo este texto, meus meninos já receberam algumas vezes...sempre é muito bom lembrar! amei...bjs

Cristiane Marino disse...

Olá Crista,

Muito bonito este texto, eu não o conhecia…
Bjs e ótimo feriado!

Marina Fligueira disse...

Siempre una madre quiere a su hijo más débil.
Es un texto muy bueno y emotivo.
Un beso y feliz semana.